Aluno da Unifei defende Mestrado em Química e tem resultados da sua pesquisa publicados no periódico Biomedicine & Pharmacotherapy

Da esquerda para a direita: o professor Dr. Maurício Frota Saraiva, o mestre em Química Dijovani Batista dos Reis, e os professores Dr. Mauro Vieira de Almeida e Dr. Éder do Couto Tavares.

 O aluno de mestrado Dijovani Batista dos Reis, da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), defendeu a dissertação intitulada “Síntese, Caracterização e Avaliação Biológica de Terpenóides Diaminados e seus Derivados Análogos ao SQ109”. O projeto de pesquisa envolvendo a síntese orgânica e química medicinal foi focado na busca por novas moléculas bioativas que possam ser eficazes para o tratamento da Tuberculose. Parte dos resultados do trabalho foi publicada no periódico Biomedicine & Pharmacotherapy e está disponível no link http://dx.doi.org/10.1016/j.biopha.2016.10.112.

 Fizeram parte da banca de mestrado os professores Dr. Maurício Frota Saraiva, do Instituto de Física e Química (IFQ) da Unifei, orientador do trabalho; Dr. Mauro Vieira de Almeida, coordenador geral do PPGMQ-MG, e Dr. Éder do Couto Tavares, também do IFQ.

 Além da defesa do mestrado, Dijovani foi aprovado para o doutorado e começará a desenvolver o seu novo projeto de pesquisa no Laboratório de Síntese de Moléculas Bioativas (LASIMBIO), coordenado pelo prof. Dr. Maurício Frota Saraiva.

 

Sobre o PPGMQ-MG

 Segundo material de divulgação no site da Rede Mineira de Química (RQ-MG), apesar de possuir várias instituições de ensino superior (IES) com vários cursos de graduação em Química, em 2013 o Estado de Minas Gerais apresentava apenas quatro IES com curso de Doutorado em Química: as universidades federais de Minas Gerais (UFMG), Juiz de Fora (UFJF), Uberlândia (UFU) e Alfenas (Unifal). As universidades federais dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) e de Ouro Preto (Ufop) possuíam somente o curso de Mestrado em Química e as outras IES possuíam um departamento ou instituto de Química e alguns dos seus professores participam do corpo docente de programas de pós-graduação em áreas correlatas como Agroquímica, Ciências Farmacêuticas ou Ciências dos Materiais.

 De acordo com a RQ-MG, a proposta de criação do Programa de Pós-Graduação Multicêntrico em Química de Minas Gerais (PPGMQ-MG) atende a demandas institucionais e estaduais e, através da pesquisa em Química, pretende-se elaborar a construção coletiva do conhecimento, visando despertar potencialidades locais e educacionais, no sentido de formar um coletivo de professores/pesquisadores, que apontem soluções e alternativas para os constantes desafios que a área de Química apresenta.

 A divulgação da RQ-MG também informa que “o PPGMQ-MG visa atender a uma demanda crescente de formação de recursos humanos de alto nível no Estado de Minas Gerais, pois os profissionais graduados necessitam de formação continuada, bem como aprimoramento de seus estudos, que somente um curso de pós-graduação stricto sensu pode oferecer”.

 Para a RQ-MG, “Minas Gerais é um Estado onde a existência de disparidades regionais é visível e este programa de pós-graduação em rede, certamente, irá contribuir para a diminuição desses efeitos, aproximando as instituições de ensino e pesquisa mineiras e proporcionando maior integração da Química em Minas”.

 

 



Mapa do site

Campus Prof. José Rodrigues Seabra - Sede

Av. BPS, 1303, Bairro Pinheirinho, Itajubá - MG

Telefone: (35) 3629 - 1101 Fax: (35) 3622 - 3596

Caixa Postal 50 CEP: 37500 903

Campus Itabira

Rua Irmã Ivone Drumond, 200 - Distrito Industrial II,Itabira - MG

Telefone (31) 3839-0800

CEP 35903-087


Acesso a Informação Brasil - Governo Federal   

© 2015 Site desenvolvido pela DSI / SECOM